Quinta-feira, 1 de Novembro de 2007

CASA COM "ALPENDRE"

Tenho, graças a Deus, um círculo de amizades forte e constituído por pessoas de valor, com valores, sensibilidade e capacidade de indignação face às injustiças e desvergonhas que pululam por aí.

Como se não bastasse, acumulam com talento para diversas artes. Como, por exemplo, a escrita.

Neste grupo, inclui-se o meu querido João Carlos Pereira, que me deu a honra de escrever o prefácio do meu livro "Em Ouro Cru".

Pois é deste Homem feito em partes iguais de enorme sensibilidade e de uma vontade de ferro para lutar pelas suas convicções, que vos deixo este belíssimo poema.

                                   ALPENDRE

De súbito,a plenitude, a felicidade.

Sob o alpendre, a mesa posta, farta, e a família à volta.

Era serena a tarde, com verdes e azuis

e voos de pássaros estivais.

As manchas do jasmim e das roseiras

coloriam o eco das palavras,

os risos tranquilos e os gritos alegres das crianças.

Nenhuma dor, angústia ou névoa a ensombrar

os olhos luminosos e os sons de pétalas e cristais.

Sob o alpendre,

naquele puro instante, nenhuma dor havia.

E, no entanto, até a mesa, maciça e nova,

silenciosamente apodrecia.

Sinceramente, a minha casa(esta nossa casa) não ficou linda com este "alpendre"?...

Bom feriado!

sinto-me: Iluminada
música/livro: "Entre dos aguas" - Paco de Lucia
publicado por São Banza às 07:29
link do post | Que diz ? | favorito
|
10 comentários:
De elvira a 1 de Novembro de 2007 às 10:31
A sua casa só podia ficar linda, pois o poema é mt bonito.
Bom feriado para si também.
Um abraço


À margem: Já viu a nova "casa" do nosso amigo Vicente?


De São Banza a 1 de Novembro de 2007 às 17:10
Olá, linda!
Estive lá mesmo antes das mudanças, pelos vistos...
Abraço!


De sophiamar a 1 de Novembro de 2007 às 17:41
Se ficou! Este " Alpendre" de palavras feito, tem um fascínio especial.Tarde serena, mesa posta, farta, felicidade... vamos comer e conversar. Foi bom conhecer-te, São!
Voltarei ao alpendre, muitas mais vezes e aqui decorrerrão muitas conversas. Com sabor, com aroma, com amizade.

Beijinhosssss


De São Banza a 1 de Novembro de 2007 às 18:13
Ora bem vinda sejas!
Espero bem que sim, que te veja aqui muitas vezes!
Abraços!


De Apátrida a 1 de Novembro de 2007 às 19:06
Fermoso poema cheo de armonía é ledicia.
Non sei si alpendre ten o memo significado que en Galiza.
Alpendre.Dependencia de almacenaxe construída normalmente a carón da casa tradicional agraría ou mariñeira. A súa función é gardar o carro, a embarcación, ps apeiros de labraza ou mesmamente para abrigar os traballos agrícolas e obradoiros artesanais nos días de choiva, que por certo agora non temos.
Um forte abraço é Bom feriado


De São Banza a 1 de Novembro de 2007 às 20:44
Olá, amigo.
Sim, o significado é semelhante, mas também pode ser um telheiro só para estar lendo, descansando ou comendo.
Unha aperta e boa ponte.


De Não se permite anonimato a 2 de Novembro de 2007 às 03:29
Eu gosto muito de casas com alpendre. Até hoje, que me lembre, apenas enquanto vivi em Lisboa em apartamentos, não os tive, depois quando vim para a província, a partir daí sim. Onde vivi tem havido sempre alpendres.
Olha, a minha consulta com o Dr. Jacques Pena afinal é só para Dezembro, e.e.e.e.e.e.e a ver vamos. Por isso descobri uma morada de um consultório dele que não tenho a certeza se ainda é este ou se mudou.
Mesmo assim arrisco e aqui fica pois:
Dr José Jacques Pena
Avenida Almirante Reis nº100 - 7º D
1150-022
Lisboa
Contacto:
Telefone: 218 123 905
Um abraço e espero que esteja bem. Caso contrário só para Dezembro.
Fica bem e tem um início de bom fim de semana.
José Gonçalves


De São Banza a 2 de Novembro de 2007 às 11:24
Obrigada, muito obrigada, pelo contacto do Dr. Jacques Pena : vou tentar.
Também adoro alpendres(e piscinas), mas como vivo num 3º andar...
Bom fim de semana.


De joaocarlos42@gmail.com a 2 de Novembro de 2007 às 11:47
Que dizer do (agora) nosso alpendre? Que gosto que o utilizes? Que o mostres aos amigos? Minha cara, é tão bom fazer quaquer coisa de que os outros gostem. Não fosse o teu desafio, e nem diria nada. Por mero pudor.

Assim, obrigado e um grande beijo.


De São Banza a 2 de Novembro de 2007 às 11:54
Só tens que dizer!
Aliás, além do orgulho que tenho do meu círculo de amizades, seria criminoso- como diz a Elvira(também escreve bem)- não mostrar textos com qualidade, não é?
Bom fim de semana.


Reflexão sobre o post

.Conheça-me melhor

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. NATAL

. FLORBELA ESPANCA

. A FERNANDO PEIXOTO

. JOGOS PARA-OLÍMPICOS 2008

. DIA MUNDIAL DA FOTOGRAFIA

. QUEDA COM HISTÓRIA

. TEMPO DE REPOUSO

. " A CATEDRAL"

. INFORMAÇÃO

. ABRIL : LIBERDADE !

.Memórias

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds