Sexta-feira, 21 de Setembro de 2007

AO BASTONÁRIO DA ORDEM DOS ADVOGADOS

Rogério Alves, nunca ouviu aquela celebérrima afirmação de que à mulher de César não basta ser séria - tem também de o parecer, pois não?...Bem me parecia!

Como é possível este seu envolvimento num caso como o de Madeleine McCann?! Ainda que, para dizer a verdade, não me surpreenda grandemente esta sua discutível atitude , pois vi que tipo de argumentação usou no recentíssimo debate sobre o estranho decurso do novo Código do Processo Penal.

Olho para si -e para a esmagadora maioria da classe, infelizmente - e  revejo cada uma das cenas do estupendo filme "O Advogado do Diabo", onde Al Pacino nos brinda com mais uma das magníficas interpretações.

Mas já não há ética?

Acabou-se a vergonha?

Desde que haja dinheiro , tudo está à venda?

Por favor, não me venha com a falácia de que continua a ser advogado e que acredita na inocência do casal! Só é pena que todas essas pias convicções estejam sempre tão estreitamente ligadas a altíssimos honorários, não é?

Eu sei que todas as pessoas têm direito à defesa. Não é isso que está em causa. Aquilo que me choca profundamente é haver gente, particularmente advogados, dispostos a defender criaturas geralmente reconhecidas como responsáveis pelos crimes mais vis. Como, por exemplo, aquele com quem vai ter a duvidosa honra de coordenar estratégias e que evitou a extradição de Pinochet!!

Cada vez mais ,profissionais como você me dão a sensação de que seriam capazes de defender quem vos assassinasse toda a família - desde que isso vos proporcionasse altíssimos rendimentos.

Este tipo de laxismo moral só descredibiliza a imagem pública do país! Onde fica o rigor e a exigência? Bem no fundo de um grande monte de notas,claro...

Quando tomei conhecimento da sua entrada para a vasta equipa dos McCann fiquei de tal maneira incrédula, que até pus a hipótese de haver alguma confusão. Imagine-se!!

É ser ingénua, pensar que ainda há escrúpulos em certas situações!

Só uma coisa mais: a partir de agora ,perdi-lhe o respeito!

Que Deus nos ilumine e nos dê capacidade para sermos fiéis às nossas responsabilidades!!

Saudações!

 

sinto-me: Nauseada!
música/livro: PEDRO JÓIA : "JACARANDÁ"
publicado por São Banza às 23:23
link do post | Que diz ? | favorito
|
12 comentários:
De ManDrag yThén a 22 de Setembro de 2007 às 01:55
Mas advogado é mesmo isso! Tanto é capaz de defender o algoz como a vítima; e com a mesma ênfase e convicção. Por isso eu não gosto, nem confio em advogados.

ManDrag


De São Banza a 23 de Setembro de 2007 às 18:34
Olá!
Olha que generalizar é injusto.
Em todas as actividades há bons e maus elementos, não achas, amigo?


De elvira a 22 de Setembro de 2007 às 08:19
Sem comentários...
Um abraço e bom fim de Semana.
Já viu o post de ontem lá no Sexta-feira?
Falei de si...


De São Banza a 16 de Outubro de 2007 às 02:35
Viva!
De mim?Lá vou...
Saudações!


De gilberto_duwens a 23 de Setembro de 2007 às 15:36
Cara amiga, a isso chama-se lei da sobrevivÊncia...

Os advogados foram "inventados" para isso mesmo. Nunca se esqueça que a lei é um lápis de dois bicos.

Quanto ao meu colega Rogério, ele é isso tudo e muito mais... ;)

Também acho que não convém genelarilar a coisa.


De São Banza a 23 de Setembro de 2007 às 17:13
Gratíssima pela visita. Ainda mais, pelo comentário.
Talvez não tivesse deixado tão claro quanto pretendi, mas concordo em absoluto consigo : nunca devemos generalizar, pois é injusto.
Sei que nem todos os advogados sáo como Rogério Alves, até porque tenho dois na família.
Volte sempre.
Boa semana para si.

São


De naveganterojo a 24 de Setembro de 2007 às 17:01
Te envidio por el conocimiento de los dos idiomas,yo no entiendo el tuyo,y lo siento.
Te agradezco tus visitas a mi blog.
Un saludo muy fuerte desde España.
naveganterojo.


De São Banza a 24 de Setembro de 2007 às 20:09
No eres complicado hablar /escrivir portugués, sabes?
Gracias e saludos!


De Gustavo Chaves a 25 de Setembro de 2007 às 03:22
Aqui no Brasil não é diferente, ou melhor, é pior!


De São Banza a 25 de Setembro de 2007 às 11:04
Grata pela visita e, mais ainda pelo comentário.
O espero sempre.
Saudações!


De joão palmela a 28 de Setembro de 2007 às 21:47
Amiga São!
As Convicções de Rogério Alves englobam-se naquela Máxima de: O Sol quando nasce é para Todos, a Sombra é que e só para alguns, no caso presente para os que têm dinheiro para a comprar. o que irrita, mais é que depois nos queira comer por parvos.
Adeus um Abraço,
João Palmela


De São Banza a 30 de Setembro de 2007 às 00:18
Obrigada pela visita, que espero ver repetida.
Infelizmente, tem razão; e concordo: pior é nem respeitarem a nossa inteligência!!
Saudações.


Reflexão sobre o post

.Conheça-me melhor

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. NATAL

. FLORBELA ESPANCA

. A FERNANDO PEIXOTO

. JOGOS PARA-OLÍMPICOS 2008

. DIA MUNDIAL DA FOTOGRAFIA

. QUEDA COM HISTÓRIA

. TEMPO DE REPOUSO

. " A CATEDRAL"

. INFORMAÇÃO

. ABRIL : LIBERDADE !

.Memórias

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds