Domingo, 30 de Setembro de 2007

O PERFUME DA MEIA - IDADE

Porque ter sentido de humor é prova de inteligência,
porque rir faz bem à saúde,
porque a meia-idade também tem a sua graça,
aqui vos deixo,
companheiros e companheiras de estado e geração,
um texto que espero vos proporcione momentos tão hilariantes como aqueles que me prorcionou a mim:
*MEIA-IDADE*
 
Sabes que estás a chegar à meia-idade quando
tudo dói e o que não dói não funciona.
 
Meia-idade é quando qualquer coisa que
sentes é realmente um sintoma.
 
Meia-idade é quando estás disposto a ceder o teu
lugar a uma senhora e não consegues.
 
Meia-idade: bem na hora em que te dás conta de que
está prestes a descer a ladeira os teus travões falham.
 
Meia-idade é quando quem te avisa para ires mais
devagar é o médico e não o polícia de trânsito.
 
Meia-idade é quando te debruças para apertar
os sapatos e te perguntas:
"o que mais eu poderia fazer enquanto
estiver aqui em baixo?".
 
Já chegou à meia-idade se o teu cachorro
te deixar pegar o graveto antes.
 
A gente chega à meia-idade quando fazer amor
nos transforma num animal selvagem: uma preguiça.
 
Meia-idade é quando a tua idade começa
a aparecer... na cintura!!.
 
Na meia-idade ainda sentes vontade mas
não te lembras exactamente de quê.
 
Meia-idade é quando sentes vontade de te
exercitar e deitas-te para esperar que passe.
Aliás na meia-idade o melhor exercício é a discrição.
 
Meia-idade é quando o teu médico te recomenda
exercícios ao ar-livre e tu pegas no carro e sais guiando
 com a janela aberta.
 
Na meia-idade jantares à luz de velas já não são
românticos porque não se consegue ler a ementa.
 
Meia-idade é quando uma pessoa começa a apagar
 a luzes por economia e não para criar um clima romântico.
 
Infância: época da vida em que fazemos caretas ao espelho.
Meia-idade: a época da vida em que o espelho se vinga.
 
Há três períodos na vida: infância, juventude e
"estás com uma aparência esplêndida".
 
Estás na meia-idade? Ânimo! O pior ainda está para vir!
 
Meia-idade é quando sabemos todas as respostas
e ninguém nos pergunta nada.
 
Meia-idade é quando deixamos de criticar a
geração mais velha e começamos a
criticar a mais nova.
Um grande abraço!
 
sinto-me: RINDO ATÉ ÀS LÁGRIMAS!
música/livro: " O LIVRO DAS IMAGENS" - RAINER MARIA RILKE
publicado por São Banza às 16:10
link do post | favorito
De gilberto_duwens a 1 de Outubro de 2007 às 16:10
Penso que a meia idade é precisamente isso tudo e talvez um pouco mais.
Esse texto está deveras engraçado, quase tão engraçado, como as virtudes, que nós na meia idade, encontramos quando nos olhamos ao espelho.
Um beijo grande minha amiga


Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.Conheça-me melhor

.pesquisar

 

.Dezembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


.posts recentes

. NATAL

. FLORBELA ESPANCA

. A FERNANDO PEIXOTO

. JOGOS PARA-OLÍMPICOS 2008

. DIA MUNDIAL DA FOTOGRAFIA

. QUEDA COM HISTÓRIA

. TEMPO DE REPOUSO

. " A CATEDRAL"

. INFORMAÇÃO

. ABRIL : LIBERDADE !

.Memórias

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds